GERAL

Liminar garante vacinação para professores e funcionários da educação em Maringá

Nesta edição o destaque é que o Juiz Frederico Mendes Júnior, deferiu a medida liminar pleiteada, a fim de determinar que a prefeitura de Maringá promova as alterações necessárias no plano de operacionalização da campanha de vacinação contra a covid-19, assegurando que os professores e funcionários dos estabelecimentos públicos e privados da educação básica sejam contemplados com a vacinação de forma concomitante com os idosos entre 60 (sessenta) e 69 (sessenta e nove) anos de idade, no prazo de 10 (dez) dias.

Outro destaque é a entrevista com o vereador e líder do prefeito Ulisses Maia na Câmara, Alex Chaves. O assunto é a confusão com a Sudamed que deixou claro que irá rescindir o contrato. 

Assista à edição completa desta terça-feira (4):






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM